>

domingo, 1 de maio de 2016

Corredor de Arandu conquista primeiro lugar na categoria geral

Aparecido Gonçalves da Fonseca fez o percurso de 6 km em 19’57’’

O Departamento de Esportes e Lazer (DEEL) promoveu neste domingo, 1º, a 3ª Corrida e 2ª Caminhada do Trabalhador. Ao todo, 97 corredores e 60 caminhantes de Piraju e região percorreram os 6 km do evento.

Vencedores da categoria geral ladeados pelo diretor Luciano Crespo (à dir.)
(FOTO: Expresso Piraju)

Realizada em parceria com a iniciativa provada, a competição reuniu pessoas de todas as faixas etárias. Na corrida, o evento registrou a participação de atletas profissionais, como a de José Carlos de Santos, que integra a equipe pirajuense de atletismo. Por conta de um problema de saúde, o corredor ficou impossibilitado de dar seu máximo. Mesmo assim, ele chegou em 4º lugar na categoria de 46 a 55 anos.

O primeiro lugar da categoria geral ficou com Aparecido Gonçalves da Fonseca, 34, morador de Arandu. Corredor profissional, Aparecido treina todos os dias. Ele concilia o esporte com o trabalho de roçador numa empresa terceirizada da Vale do Rio Novo.

Em entrevista à rádio Eduvale FM, o diretor do DEEL, Luciano Crespo, disse que a prefeitura pretende realizar uma nova corrida e caminhada ainda este ano. De acordo com ele, o evento poderá ocorrer em setembro.

CLASSIFICAÇÃO DA CORRIDA

Categoria Geral (masculino)
1º - Aparecido Gonçalves da Fonseca (19’57’’)
2º - Mauro Luiz de Oliveira (20’33’’)
3º - Marcelo Luiz Januário

Categoria geral (feminino)
1º - Maria Hortência Albino (27’37’’)
2º - Andrea Brassero (31’24’’)
3º - Nayara Barbosa Martins (31’31’’)


Categoria geral feminino (FOTO: Expresso Piraju)

Categoria 15 a 35 anos (masculino)
1º - Valdemir de Oliveira (20’53’’)
2º - Joselias de Lima (21’05’’)
3º - Jeferson Souto Monteiro (21’09’’)


Categoria 15 a 35 anos (masculino (FOTO: Expresso Piraju)

Categoria 15 a 35 anos (feminino)
1º - Bruna de Oliveira Nascimento (32’38’’)
2º - Larissa Calixto (33’38’’)
3º - Letícia de Souza (34’43’’)


Categoria 15 a 35 anos (feminino) ( FOTO: Expresso Piraju)

Categoria 36 a 45 anos (masculino)
1º - Valdir Sebastião Teles (22’08’’)
2º - Ricardo Teixeira (23’54’’)
3º - Fabiano José (27’07’’)


Categoria 36 a 45 anos (masculino) (FOTO: Expresso Piraju)

Categoria 36 a 45 anos (feminino)
1º - Patrícia Vance Nicolau Ferreira


Categoria 36 a 45 anos (feminino) (FOTO: Expresso Piraju)

Categoria 46 a 55 anos (masculino)
1º - Sidney Pereira da Silva (21’58’’)
2º - Hélio Campos (21’19’’)
3º - Juvelino Donizete Fonseca (22’22’’)


Categoria 46 a 55 anos (masculino) (FOTO: Expresso Piraju)

Categoria acima de 56 anos
1º - Pedro Nunes Ferreira (27’33’)
2º - Silvio José de Souza (33’27’’)
3º - Pedro de Souza (38’35’’)


Categoria acima de 56 anos (masculino) (FOTO: Expresso Piraju)

quinta-feira, 28 de abril de 2016

Gato encontrado com as vísceras expostas segue em recuperação

Animal foi encontrado embaixo de um automóvel no Conjunto Sergio Garcia

Na noite da última terça-feira, 26, um filhote de gato foi resgatado por uma voluntária da Associação Protetora dos Animais de Piraju (APRAPI). O caso aconteceu no Conjunto Sergio Garcia.

Imagens mostram o gato antes e depois do procedimento cirúrgico (FOTO: APRAPI)

Segundo a integrante da entidade, o animal estava embaixo de um automóvel. Parte das vísceras do gato estava à mostra. De imediato, a voluntária entrou em contato com uma clínica veterinária particular. O atendimento foi prestado logo em seguida.

Em contato com a clínica na manhã de hoje, o Expresso Piraju foi informado que o gato passou por cirurgia e segue em recuperação. O animal será adotado assim que receber alta, uma vez que, até o momento, nenhum morador assumiu a responsabilidade pelo filhote.

Ainda de acordo com a clínica, as causas da grave lesão são desconhecidas, mas tudo leva a crer que o gato tenha sido vítima de atropelamento.

terça-feira, 26 de abril de 2016

Bombeiro diz que grande parte das queimadas é criminosa

Identificação dos autores é a principal dificuldade para coibir a prática

Nos últimos dias, vários casos de fogo em mato mobilizaram o Corpo de Bombeiros de Piraju. Ontem, por exemplo, os militares debelaram um grande incêndio nas imediações do Bairro Eldorado. As chamas foram contidas depois de quatro horas de intenso trabalho. A fumaça pôde ser observada em boa parte da cidade.

A professora Ana Lucia da Silva Machado fotografou um grande
incêndio no Jardim Ana Carolina 2

Além de prejudicar a saúde de humanos e animais, as queimadas demandam grandes esforços dos bombeiros. Por dia, apenas quatro bombeiros ficam de prontidão para atender as solicitações dos cinco municípios abrangidos pelo quartel.

Em entrevista à imprensa, o sargento José Ronaldo Martins Paiva disse que a maioria das queimadas é criminosa. Segundo ele, os autores desse tipo de prática devem ser denunciados. “Fica muito difícil pra gente pegar (sic) o cidadão que ateou fogo naquele momento”, diz.

De acordo com o bombeiro, o setor de fiscalização da prefeitura é comunicado sobre todos os casos de incêndio registrados pela corporação.

Em 2014, a Câmara Municipal aprovou a lei 3.789, que proíbe, sob pena de multa, a queima de lixo, mato ou qualquer outro material orgânico na zona urbana. A lei faculta a qualquer cidadão a oferta de denúncia, desde que munida de “elementos suficientes para identificação do infrator” (no caso, o autor do incêndio).

As denúncias podem ser feitas no (14) 3305-9029.

No último domingo, a mata existente na Rua Augusto Garcia, Vila Tibiriçá,
foi parcialmente incendiada