>

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Prefeito Jair Damato decreta medidas para reduzir despesas

A partir da semana que vem, repartições públicas funcionarão em novo horário

O prefeito Jair César Damato (PMDB) publicou dois decretos que dispõem sobre medidas para que as despesas da administração sejam reduzidas. O decreto nº 5.509/2015 versa sobre diretrizes para redução e otimização dos gastos. Já o decreto nº 5.511/2015 refere-se ao horário de expediente das repartições.


Jair diz que as medidas refletem a "deterioração do
cenário econômico nacional" (FOTO: PMETP)
No primeiro caso, Damato determina que a prefeitura adote algumas ações para diminuir as despesas, como renegociação dos contratos já firmados, reavaliação das licitações que estão em andamento e identificação de novos espaços para abrigar as repartições municipais.

Ainda no mesmo decreto, o prefeito diz que estão suspensas as despesas com novos contratos de locação de imóveis e de prestação de serviço de transporte; termos adititivos; aquisição de imóveis, veículos e materiais permanentes; realização de solenidades; contratação ou prorrogação de contratos de serviços técnicos; e participação em eventos (cursos, por exemplo).

Consta no decreto que a decisão, acompanhamento, avaliação e adoção das medidas ficarão a cargo de um comitê gestor. O grupo conta com quatro nomes. “Os membros do comitê gestor se reunirão diariamente na primeira hora do expediente para adoção das medidas e atendimentos”, informa o decreto.

Outra atribuição do comitê diz respeito à otimização das despesas. Para tanto, os membros terão que atuar nas seguintes “frentes de economia”: passagens e despesas com locomoção; serviços de limpeza e vigilância; gastos com diárias de pessoal; serviços de utilidade pública; e adiantamentos para pequenas despesas.

O segundo decreto altera o horário de funcionamento das repartições vinculadas à prefeitura por um período de 90 dias. Segundo a medida, a proposta tem como objetivo reduzir gastos com água, luz, telefone, materiais, manutenção, combustível, entre outros. O salário dos funcionários não será afetado.

De acordo com Damato, a coleta do lixo orgânico e reciclável, bem como o transporte de pacientes e alunos, não sofrerá mudanças.

Confira abaixo o novo expediente

- 9h às 15h: sede da prefeitura, Departamento de Engenharia, Departamento de Esportes e Lazer, Departamento de Indústria e Comércio, Departamento de Turismo e Departamento de Cultura

- 7h às 13h: Departamento de Obras e Serviços Públicos, Departamento de Agricultura e Meio Ambiente e serviços externos

- 9h às 15h: Departamento de Saúde, Vigilância Sanitária, Vigilância Epidemiológica e Centro de Controle de Zoonoses

- 7h às 15h: dispensário municipal

- 7h às 16h: ambulatório e unidades do Programa Saúde da Família (PSF)

- 7h às 14h: setor de agendamento de transportes

- 7h30 às 14h30: Departamento de Ação Social, CREAS e CRAS

- 7h30 às 16h: Bolsa Família

- 13h às 17h: Fundo Social de Solidariedade

* Segundo o decreto, o horário de funcionamento do Departamento de Educação e dos seus setores correspondentes será definido pela diretora da pasta, Maria Helena de Oliveira Soares

Moradora reclama da coleta de lixo no Jardim Ana Cristina

Prefeitura diz que serviço passará por mudanças nos próximos dias

A vendedora Karina Cristina de Góes, 24, residente na Rua Roldão Monteiro de Souza, Jardim Ana Cristina, está insatisfeita com a coleta do lixo orgânico no bairro. Segundo ela, a demora para que as sacolas sejam recolhidas tem gerado muitos transtornos.

A moradora alega que o problema passou a ficar mais evidente nos últimos 30 dias. De acordo com Karina, os funcionários da prefeitura costumam recolher as sacolas das lixeiras por volta das 19h. As sacolas são amontoadas em pontos estratégicos para facilitar o trabalho do caminhão de lixo.

Segundo a vendedora, as sacolas são recolhidas quatro horas depois. O tempo de exposição do lixo na via pública é suficiente para que as sacolas sejam abertas por cachorros. A consequência disso é o comprometimento da coleta, já que parte do lixo acaba ficando nas ruas e avenidas.

Procurado para comentar o assunto, o diretor do Departamento de Agricultura e Meio Ambiente (DEAMA), Mariano Ribeiro, disse que nos próximos dias a coleta noturna passará por alterações radicais. Ele não entrou em detalhes, mas garantiu que a nova proposta da administração evitará que situações como essa continuem acontecendo. Ribeiro pediu paciência à moradora até que a prefeitura defina a mudança.

quarta-feira, 1 de julho de 2015

Funcionários da prefeitura recebem salário na próxima terça-feira

Ocupantes do alto escalão poderão sacar seus vencimentos no dia 10

A falta de repasses governamentais afetará novamente o pagamento dos funcionários da prefeitura de Piraju. Ao contrário do que aconteceu no mês passado, porém, o salário não será disponibilizado de forma escalonada.

Antonio Rufato, diretor do Departamento Administrativo
(FOTO: Expresso Piraju)
De acordo com o diretor do Departamento Administrativo (DEAD), Antonio Rufato, todos os servidores receberão na próxima terça-feira, 7. Já o pagamento do alto escalão (prefeito, vice-prefeito e diretores) acontecerá no dia 10 desse mês.

Questionado se a situação deve persistir nos próximos meses, Rufato disse que cada mês está sendo encarado de forma particular, já que não há nenhuma perspectiva de mudança, pelo menos a curto prazo.

O diretor informou que, apesar das dificuldades, a prioridade da administração é manter em dia o pagamento dos funcionários e fornecedores.

terça-feira, 30 de junho de 2015

Sebrae de Piraju divulga agenda do mês de julho

Ao longo do mês de julho, diversas atividades serão oferecidas pelo posto do Sebrae de Piraju. De acordo com informações, duas oficinas e um curso já estão confirmados. Os interessados podem entrar em contato com a unidade para confirmar a participação. Mais informações no (14) 3351-3579.

Clique no player e confira a matéria completa.

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Santa Casa de Piraju alerta sociedade sobre defasagem da tabela SUS

Direção do hospital vem fazendo malabarismo econômico para não entrar em falência

A direção da Sociedade de Beneficência de Piraju reuniu autoridades, representantes de entidades e membros da imprensa para divulgar a situação dos hospitais filantrópicos do Brasil. O encontro integra a programação da campanha “Acesso à saúde – Meu direito é um dever do governo”.

Na reunião, Fábio Garcia destacou a importância da
contribuição oriunda da Associação dos Amigos da
Saúde de Piraju (AASP); segundo ele, o recurso tem sido
essencial para equilibrar as contas do hospital
(FOTO: Expresso Piraju)
Nesta segunda-feira, 29, o ato foi realizado simultaneamente em todos os municípios que confirmaram a adesão ao movimento. Nos dias 13 de julho e 4 agosto, a sensibilização ocorrerá nos Estados e na capital federal, respectivamente.

Idealizada pelo Movimento Nacional das Santas Casas e Hospitais Filantrópicos no SUS, a mobilização tem como propósito alertar a sociedade a respeito das dificuldades enfrentadas pelas Santas Casas brasileiras. O principal problema diz respeito à defasagem da tabela SUS (Sistema Único de Saúde), que está há mais de uma década longe de cobrir as despesas das instituições.

De acordo com o diretor administrativo do hospital de Piraju, Fábio Garcia, a unidade está numa situação privilegiada em relação a Santas Casas da região. Apesar do quadro favorável, no entanto, o hospital está num “equilíbrio tênue”, ou seja, qualquer desvio no orçamento pode comprometer a manutenção da entidade.

“Nós não temos recursos sobrando; não temos dívidas, nem com fornecedores, nem com banco. É uma situação delicada, no sentido de que a receita é igual à despesa. Qualquer mudança que ocorra vai causar um mal estar econômico”, diz.

No encontro, Garcia disse que, se o hospital dependesse apenas dos recursos do SUS para sobreviver, a instituição já teria encerrado suas atividades há muito tempo.

domingo, 28 de junho de 2015

Igreja evangélica é arrombada na Vila Tibiriçá

Crime está sendo investigado pela Polícia Civil; nada foi levado do templo

Uma igreja evangélica localizada na Rua Dr. Celso Amaral, Vila Tibiriçá, foi invadida na madrugada deste domingo, 28. Segundo informações da Polícia Militar, as janelas e um dos armários do estabelecimento foram arrombados. A autoria do crime ainda é desconhecida.

Ainda de acordo com a polícia, nenhum objeto foi levado da igreja. O caso será investigado.

Vale destacar que, nos últimos meses, outras igrejas foram arrombadas na cidade. As ocorrências foram registradas em estabelecimentos pertencentes à comunidade católica. Segundo informações, esse é o primeiro caso envolvendo um estabelecimento evangélico.

Oficina aproxima crianças e adolescentes da arqueologia

Inscrições são gratuitas; atividades ocorrerão entre os dias 21 e 24 de julho

O Centro Regional de Arqueologia Ambiental Mário Neme está com inscrições abertas para a oficina “Escavando Piraju”. A atividade é voltada a crianças e adolescentes. Segundo informações, a oficina será realizada entre os dias 21 e 24 de julho.

Peças que foram encontradas na bacia do Paranapanema
(FOTO: PMETP)
Planejada para entreter e aproximar o público infanto-juvenil do dia a dia da arqueologia, a oficina contará com diversas atividades. Uma delas permitirá ao participante conhecer os procedimentos que envolvem um trabalho de escavação.

A oficina acontecerá em duas etapas. Entre os dias 21 e 22 de julho, das 14h às 16h30, participarão crianças de 7 a 9 anos. Já no período de 23 e 24 do mesmo mês, das 9h às 11h30, poderão participar crianças e adolescentes de 10 a 14 anos.

As inscrições são gratuitas e podem ser feitas através do telefone (14) 3351-6027. Mais informações na Rua 13 de Maio, 662, Centro.

CONHEÇA UM POUCO MAIS

Extensão do Museu de Arqueologia e Etnologia (MAE), da Universidade de São Paulo (USP), o Centro Regional de Arqueologia Ambiental realiza pesquisas interdisciplinares em arqueologia e meio ambiente. Os trabalhos ocorrem ao longo da bacia do Rio Paranapanema.