Digite uma palavra-chave

Carregando...

terça-feira, 31 de março de 2015

Fórum recebe inquérito policial sobre assassinato de jovem na Vila Tibiriçá

Crime aconteceu em setembro de 2014; vítima levou um tiro na nuca

418h54

A Polícia Civil concluiu as investigações que resultaram na morte de Luiz Eduardo Sella, 19. O crime aconteceu no dia 21 de setembro de 2014. De acordo com o que foi apurado, a vítima faleceu em decorrência de um tiro efetuado por Thiago Scaringe Poiato, 30, que à época cursava a Escola Superior de Soldados da Polícia Militar.  

Luiz Eduardo Sella (FOTO: Facebook)
Segundo informações, o inquérito policial foi apresentado nesta terça-feira, 31, ao Poder Judiciário. De acordo com o delegado Antonio Carlos Correa, responsável pelas investigações, dois laudos ainda serão anexados no inquérito. “Falta chegar o laudo referente à reconstituição do crime que nós realizamos há cerca um mês no local dos fatos e o laudo da balística, ou seja, da comparação do projétil que foi retirado do corpo da vítima com a arma utilizada pelo autor do crime, para provar que foi daquela arma mesmo que partiu o tiro que causou a morte do jovem”, relata.

Ainda segundo Correa, Thiago foi indiciado por homicídio doloso (quando há intenção de matar). “Quem efetua um disparo de arma de fogo em direção a alguém, mesmo que não tivesse vontade de matar alguém, teria pelo menos assumido esse risco”, explica. No entendimento da polícia, o crime foi agravado pelo fato de a vítima estar desarmada e por não ter tido meios para se defender.

Dias depois do crime, Tiago prestou depoimento na polícia. Na oportunidade, ele apresentou a arma usada no crime, uma Taurus, calibre 380, municiada. Conforme divulgado pelo Expresso Piraju, Thiago relatou à polícia que, antes do disparo, estava andando de caiaque com o policial militar Vitor Luiz Saes, que também reside na capital. Os dois estavam no Rio Paranapanema quando foram informados que suas respectivas namoradas, que estavam às margens da represa, tinham sido assediadas por Luiz Eduardo e outros três indivíduos.

Para evitar transtornos ainda maiores, as mulheres decidiram sair do local. Segundo a versão de Thiago, a vítima e uma segunda pessoa, já identificada pela polícia, dificultaram a saída do grupo do Hotel Beira Rio. “Ao tentar sair com o veículo do estacionamento do hotel, ele teve a frente do veículo interceptada por dois daqueles dos quatro jovens, que começaram a andar morosamente defronte o veículo para impedir a saída, como se tivesse naquela condição de fazer provocações”, revela o delegado. Thiago e a namorada estavam no carro da frente, enquanto que Vitor estava logo atrás, acompanhado de outras quatro mulheres.

Tiago Scaringe Poiato aparece na recepção de um hotel
antes atirar no jovem (FOTO: Polícia Civil)
Questionado pelo blog sobre o que motivou Thiago a fazer uso da arma, Correa disse que o aluno pensou que Luiz Eduardo estivesse armado. “Ele efetuou o tiro porque acreditava que a vítima fosse efetuar algum disparo. Ele acreditava que a vítima estaria portando também uma arma sob as vestes. Como, segundo ele, a vítima se voltou em direção a ele e colocou a mão na cintura, ele acreditou que a vítima estivesse armada e fosse sacar”, diz.

O disparo foi efetuado dentro do carro de Thiago, próximo ao rosto da namorada dele, que estava no banco da frente. Segundo Correa, as investigações demonstraram que o jovem não estava armado.

De acordo com informações, Tiago foi expulso da Escola Superior de Soldados da Polícia Militar e permanece preso preventivamente no Presídio Militar Romão Gomes, em São Paulo.

segunda-feira, 30 de março de 2015

Bandidos ainda não identificados arrombam loja de bijuterias no centro de Piraju

Crime deixou um prejuízo aproximado de R$ 5 mil; polícia investiga o caso

417h45

O proprietário de uma loja de bijuterias e acessórios entrou em contato com o Expresso Piraju para relatar que sua empresa foi alvo de furto na madrugada de ontem, 29. O estabelecimento funciona há cinco anos na Rua João Domingues do Val, Centro.

No detalhe, a fechadura que foi arrombada pelos bandidos
De acordo com ele, os bandidos arrombaram a porta do comércio (foto) com um pedaço de ferro. Ainda segundo a vítima, os criminosos furtaram vários folheados e aparelhos eletrônicos. O prejuízo estimado é de R$ 5 mil. 

Mesmo tendo registrado o caso na Polícia Civil, o empresário acredita que o crime passará impune. “Vai ficar por isso mesmo. Mas, fazer o quê, né? É o Brasil. O bandido rouba e nada acontece”, diz.

Rapidinhas do Expresso

408h15

MUTIRÃO – Continua o mutirão de limpeza contra a dengue na cidade de Piraju. Iniciado na última segunda-feira, 23, o trabalho está sendo realizado por funcionários dos Departamentos de Saúde (DESAU) e de Obras e Serviços Públicos (DEOSP). Hoje, a coleta está sendo feita na área de atendimento do PSF Jurumirim. Amanhã, 31, o mutirão passará pela área do PSF São Pedro. Na quarta-feira, 1º, a prefeitura estará na região do PSF Centro/Rural. Somente recipientes que possam acumular água podem ser descartados. Na foto abaixo, latas de tinta que foram dispostas na calçada por um morador da Rua José Tossi.

FOTO: Expresso Piraju
ECOPONTO – Após anunciar que não pretende levar adiante a construção do canil municipal no terreno localizado na frente do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), a prefeitura de Piraju decidiu transformar o local em ponto de triagem de materiais inservíveis. Batizada de ecoponto, a área já está sendo usada pela administração. A proposta é fazer com que os materiais sejam previamente separados antes de serem mandados definitivamente ao aterro sanitário. Segundo o Departamento de Obras e Serviços Públicos (DEOSP), a população pode usufruir do ecoponto, desde que respeite o horário de funcionamento do local. A área fica aberta de segunda à sexta, das 8h às 11h30 e das 13h às 17h30.  De acordo com o diretor do DEOSP, Edélcio Pazini, a administração estuda a abertura de outros ecopontos.

TRAILER – Está correndo o prazo dado pela prefeitura de Piraju para que o comerciante que explora um trailer na conhecida prainha, localizada às margens da represa Jurumirim, faça as readequações necessárias para que a atividade fique dentro das regras do comércio ambulante. O caso veio à tona após o empresário Márcio Alexandre dos Santos Rosa, que detém a concessão da lanchonete, situada a alguns metros do trailer, ter acionado o Departamento Jurídico (DEJUR) da prefeitura. A administração concedeu um tempo de 30 dias para que o denunciado promova as alterações. Segundo o diretor do DEJUR, Marcos Tonon, a representação do concessionário também está sendo apreciada pelos Departamentos de Turismo (DETUR) e de Agricultura e Meio Ambiente (DEAMA).

CMS – Hoje tem reunião ordinária do Conselho Municipal de Saúde (CMS) de Piraju. De acordo com informações, os conselheiros deliberarão sobre o relatório anual do SARGSUS e do anexo II do PAVISA 2015 (Programação das Ações de Vigilância Sanitária). A reunião acontecerá às 19h, na sede do Departamento de Saúde (DESAU), localizada na Rua Irma Ferreira Bonametti, 5, Vila Maria.

domingo, 29 de março de 2015

Jair Damato cobra explicações do governo sobre construção de 160 moradias

Segundo ele, governo paulista não efetuou repasse à empresa que foi contratada para realizar os serviços

420h04

O prefeito Jair César Damato (PMDB) deve se reunir com o secretário da Habitação do Estado de São Paulo, Rodrigo Garcia, para discutir a construção do futuro Conjunto Osvaldo Dearo Castilho. O encontro está marcado para ocorrer na próxima quarta-feira, 1º.

Até o momento, apenas alguns radiers foram construídos
(FOTO: Expresso Piraju)
Segundo informações, Damato questionará mais uma vez a secretaria a respeito da paralisação da obra. De acordo com o prefeito, os serviços foram interrompidos pela empreiteira Lemos Rio Preto Eireli, de São José do Rio Preto, por falta de repasse do governo. Até o momento, apenas a terraplanagem foi realizada no terreno que foi doado pelo município à CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional Urbano).

O impasse entre o governo e a empreiteira compromete o prazo estipulado para a abertura das inscrições. Conforme já divulgado, a CDHU fará o cadastramento das famílias após a conclusão de 70% dos serviços.

Ao todo, 160 moradias estão previstas no projeto. Parte das residências será destinada a famílias que contam com pessoas portadoras de deficiência grave (7%), idosos (5%) e policiais civis, militares e agentes de segurança e vigilância penitenciária (4%).

Subsede da APEOESP de Piraju marca presença em manifestação na capital

Novo ato em defesa do magistério paulista está agendado para o dia 2 de abril

412h42

Um grupo de professores representou a subsede da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo) de Piraju na manifestação ocorrida na última sexta-feira, 27, na capital.

A subsede de Piraju abrange os municípios de  Fartura,
Manduri, Óleo, Sarutaiá, Taguaí, Tejupá e Timburi
(FOTO: Arielton Fernando Pereira)
Em greve desde o dia 13 desse mês, os docentes continuam pressionando o governo paulista para que atenda as reinvindicações da categoria. O sindicato que representa os professores estima que, em todo o Estado, 75% dos profissionais estão paralisados.

De acordo com informações, a diretoria da APEOESP se reunirá com a Secretaria da Educação nesta segunda-feira, 30. Em paralelo, a categoria prosseguirá com o acampamento montado pelo sindicato na Praça da República e intensificará as visitas nas escolas para sensibilizar os professores que ainda não aderiram à greve.

Segundo o calendário de mobilização do sindicato, uma nova assembleia estadual está marcada para ocorrer no dia 2 de abril, às 14h, na Av. Paulista.

REIVINDICAÇÕES

Além de reajuste salarial de 75,33%, os professores exigem aplicação da jornada do piso, reabertura de classes fechadas, desmembramento das salas com superlotação, mudanças na contratação de docentes eventuais, transformação do bônus em reajuste na folha de pagamento e água em todas as unidades de ensino.

sexta-feira, 27 de março de 2015

Descarte de lixo ainda persiste no Rio Paranapanema

Limpeza simbólica marcou as comemorações do Dia Mundial da Água

423h56

Em Piraju, o Dia Mundial da Água foi comemorado com um ato em defesa do Rio Paranapanema. No último domingo, 22, dezenas de voluntários promoveram, entre outras atividades, a limpeza simbólica do rio. O ato fez parte da programação do 2º Pirapanema Vivo.

Garrafas, maços de cigarro e copos plásticos foram 
encontrados no Paranapanema (FOTO: Marcos A. Vieira)
De acordo com os envolvidos, uma grande quantidade de lixo foi removida das margens da Praça Benedito Silveira Camargo (Praça da Brasilinha) e da Av. Dr. Simão. Após ser coletado, o lixo foi transportado pela prefeitura até o aterro sanitário.

José Carlos Garcia, um dos organizadores do evento, concedeu entrevista ao blog Expresso Piraju. Ele diz que não está descartada a realização de outro movimento em defesa do meio ambiente. Confira abaixo.
___

Expresso Piraju – Quais ações foram desenvolvidas no decorrer do evento?

José Carlos Garcia – Fizemos uma concentração na Praça da Brasilinha onde algumas pessoas fizeram uma breve colocação a respeito da preservação e defesa do nosso Rio Paranapanema.

EP – Quantos quilos de lixo foram retirados do local?

JCG – Não fizemos esse levantamento, mas foram retirados só do trecho do calçadão do [Hotel] Beira Rio quase 10 sacos de 60 litros de lixo.

EP – É possível fazer uma comparação com o evento passado?

JCG – No evento passado tivemos a colaboração dos mergulhadores que retiraram muitos objetos de dentro do rio, como pneus, restos de entulho, garrafas, etc. Acredito que eles tiveram maior êxito na ação.

EP – A organização do evento ficou surpresa com a quantidade de lixo descartado no local?

JCG – Sim. Já estávamos preocupados com a quantidade de lixo jogada na beira do rio. As pessoas que caminham pelo calçadão estavam indignadas com tanta sujeira.

EP – A terceira edição do Pirapanema Vivo já está confirmada?

JCG – Os participantes desse evento, embora não tenha sido muitos, firmaram um compromisso com o evento e querem realizar muito breve outro evento maior para que mais pessoas possam agregar a esse movimento.

EP – Obrigado pela entrevista. Suas considerações finais, por favor.

JCG – Agradeço a você e toda equipe do Expresso Piraju, que sempre nos dá espaço para divulgar os eventos que realizamos. E aproveito para mais uma vez pedir às pessoas que aproveitam das belezas de nosso lindo rio; que tenham mais cuidado, não jogando lixo e se possível levando as embalagens consumidas para um local de reciclagem.

Exames mostram melhora no quadro de paciente que contraiu dengue hemorrágica

Diagnóstico feito pela UNESP de Botucatu aponta número regular de plaquetas

419h11

A dona de casa Milene Rocha, 23, passou por atendimento médico em Botucatu na manhã desta sexta-feira, 27. Na semana passada, a moradora precisou ser transferida de Piraju após apresentar complicações em decorrência da dengue. Num intervalo de aproximadamente um mês, ela foi picada duas vezes pelo mosquito aedes aegypti.

Milene ao lado do marido Marcos e do filho Valentin;
moradora agradece o médico Osvaldo Aloma, Jair Damato,
Maurício Garcia, Marcão da Ambulância, Silvia Helena
Matiazzo, Luzia Ap. Oliveira Rocha, Osvaldo Quessada,
Renan Calistro Rocha, além dos familiares, amigos e 
equipes do PSF Eldorado, Centro de Controle de 
Zoonoses e Vigilância Epidemiológica 
(FOTO: Expresso Piraju)
Na segunda vez, os sintomas foram mais graves, fato que motivou a imediata transferência da paciente para a UNESP de Botucatu. Além de dores nos olhos e na barriga, Milene enfrentou um quadro de hemorragia. Ela recebeu alta na última terça-feira, 24, após ficar uma semana internada.

Hoje, a moradora passou por uma nova avaliação na UNESP. Segundo informações, os médicos constataram que o número de plaquetas (estruturas do sangue cuja função é evitar sangramentos) de Milene está dentro do normal, diferentemente da situação encontrada antes da internação.

Em entrevista ao Expresso Piraju, Milene conta que recebeu várias orientações dos médicos. “Eles pediram para eu usar muito repelente e tomar muita água”, diz.

Motivada por tudo o que aconteceu, a dona de casa decidiu mudar de endereço. No novo lar, a moradora espera recomeçar uma nova vida ao lado do marido e do filho.  

quinta-feira, 26 de março de 2015

Ameaça de morte resulta em prisão por violência doméstica em bairro de Piraju

Acusado foi detido pela polícia e levado à cadeia de Sarutaiá

410h03

Um homem de 29 anos foi preso por violência doméstica na Rua Marcos Cristovan Louzada, Conjunto Ovídio Rodrigues Tuduncuva Júnior. O caso aconteceu na madrugada desta quinta-feira, 26. Segundo a Polícia Militar, o homem ameaçou de morte a própria esposa, que tem 24 anos. As ameaças foram feitas na frente dos filhos da vítima.

Ainda de acordo com a polícia, o indiciado danificou todos os móveis da cozinha e da sala, bem como os vidros das portas e janelas. Alguns eletrodomésticos também ficaram avariados. Devido aos golpes (chutes e socos) desferidos contra os objetos, o homem ficou com lesões superficiais pelo corpo. Ele recusou atendimento médico.

A Polícia Civil determinou o imediato recolhimento do morador à cadeia pública de Sarutaiá, onde aguarda decisão judicial. 

quarta-feira, 25 de março de 2015

Líder sindical pede para que pais não mandem alunos às escolas

De acordo com ele, as unidades de ensino não contam com professores em número suficiente

422h00

Joaquim de Almeida (foto) durante manifestação ocorrida na última quinta-feira; segundo ele, Diretoria Regional de
Ensino reduziu classes mesmo sabendo que houve crescimento na demanda de alunos (FOTO: Expresso Piraju)

A greve do magistério paulista chega ao 12º dia sem nenhum sinal de que os pleitos da categoria serão atendidos pelo governo estadual. De acordo com o site da APEOESP (Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo), uma grande vigília está marcada para ocorrer às 18h desta quinta-feira em frente à Secretaria da Educação, localizada na Praça da República, na capital.

Ainda segundo o sindicato, o ato tem como propósito pressionar o governo pela abertura imediata das negociações. “Nesta mesma data, as subsedes devem realizar suas assembleias regionais e, após deliberar sobre os próximos passos do movimento, organizar os professores para participarem da vigília”, informa.

Em Piraju, a APEOESP realizará um ato público às 9h desta quinta, com saída na sede da subsede. Os grevistas passarão pela Praça Ataliba Leonel e depois ficarão concentrados defronte à Diretoria Regional de Ensino, a exemplo do que ocorreu na última quinta-feira, 19, quando dezenas de docentes, pais e estudantes protestaram contra algumas determinações da dirigente Maria Ignez Carlin Furlan.

Na sessão de ontem da Câmara Municipal de Piraju, dez
representantes do magistério estiveram na Casa para
acompanhar a apresentação de uma moção de apoio
ao movimento elaborada pelo vereador José Eduardo
Pozza (FOTO: Expresso Piraju)
Em entrevista concedida ao Expresso Piraju na noite de ontem, 24, o diretor sindical Joaquim de Almeida informou que, nos municípios abrangidos pela DRE (Fartura, Manduri, Óleo, Piraju, Sarutaiá, Taguaí, Tejupá e Timburi), há cerca de 140 professores paralisados. Já em Piraju, que conta com seis unidades estaduais, o último levantamento apontou aproximadamente 30 docentes em greve.

Uma das principais reivindicações da subsede de Piraju diz respeito à redução de classes e a consequente superlotação de alunos. Segundo Almeida, a medida adotada pela DRE não se justifica em função do aumento da demanda por ensino. “Ela diminui a oferta, resultando num acúmulo de alunos em salas. Temos superlotação por conta do fechamento. No Estado, isso representa mais de três mil salas fechadas. Isso aí é uma política para sucatear a educação no Estado”, diz.

Ainda de acordo com o sindicalista, a superlotação está comprometendo a qualidade do ensino. Somada à ausência de docentes por força da greve, a realidade deve servir de aviso aos pais para que não mandem os alunos às escolas. “Não está tendo aula, mas sim um acúmulo de alunos jogados num espaço sem qualquer objetivo prático de aprendizado”, afirma.

PAUTA

Segundo a APEOESP, o magistério paulista reivindica equiparação salarial com as demais categorias com formação de nível superior, implantação da jornada do piso, nova forma de contratação dos docentes temporários, fim do fechamento de classes, desmembramento das salas com superlotação, fim do assédio moral, respeito ao limite de 25 alunos por sala, fim da lei das faltas médicas, fim da perseguição aos professores nas perícias médicas, aceleração dos processos de aposentadoria, transformação do bônus em reajuste salarial e fim do projeto excludente de escola de tempo integral.

terça-feira, 24 de março de 2015

Dupla é presa na Vila Nova América com porções de crack, cocaína e maconha

Criminosos aguardam parecer da Justiça em Sarutaiá; um menor foi acompanhado pelo Conselho Tutelar

417h55

Dois homens foram presos por tráfico de drogas, associação para o tráfico e corrupção de menor na madrugada de ontem, 23, na Rua João Del’Agnolo, Vila Nova América. De acordo com informações, uma denúncia encaminhada via 190 levou a Polícia Militar até o local.

FOTO: Polícia Militar do Estado de São Paulo
T.B.C., 30, e F.R.S., 33 tentaram fugir do flagrante, mas foram presos logo em seguida pela polícia. Com eles, a PM encontrou várias porções de maconha, cocaína e crack, além de dinheiro. Três celulares também foram apreendidos.

A dupla aguarda decisão judicial na cadeia pública de Sarutaiá. Um menor de 15 anos, que também tentou fugir do cerco policial, foi encaminhado ao Conselho Tutelar até ser liberado a um responsável.

segunda-feira, 23 de março de 2015

Paciente com suspeita de dengue é transferida para Botucatu

De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a moradora passa bem e não apresentou sangramento

418h15

Uma jovem de 23 anos, residente na Av. Vereador Eduardo Cassanho, foi transferida para Botucatu na manhã desta segunda-feira, 23. Segundo informações, ela estava internada no hospital de Piraju com suspeita de dengue. De acordo com a Vigilância Epidemiológica, a transferência foi motivada pelo agravamento do quadro clínico da paciente.

Momento em que os agentes do CCZ ingressam em
residência para aplicar o veneno
(FOTO: Expresso Piraju)
Ainda segundo o órgão, a jovem passa bem e, ao contrário do que foi divulgado, não apresentou nenhuma hemorragia. Embora as avaliações médicas tenham detectado sintomas correspondentes a outras doenças, a hipótese de infecção por dengue é a mais forte.

No decorrer da conversa com a reportagem, uma das funcionárias da vigilância recebeu a notícia do 21º caso suspeito de dengue. Além dos casos que aguardam confirmação, o município conta com três infecções importadas e duas autóctones.

BLOQUEIO

De acordo com o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), os trabalhos de nebulização ainda continuam na cidade. Hoje, os agentes do órgão deram prosseguimento à aplicação de veneno na Vila Tibiriçá, bem como na Av. Vereador Eduardo Cassanho.

Preocupado, o chefe do CCZ, Ricardo Fernandes, publicou nas redes sociais que a colaboração da sociedade está longe do ideal. “Mesmo com todas as informações deixadas aos moradores, ainda encontramos muitos focos nas residências por onde passamos há poucos dias. O mosquito tem um raio de voo de 200 metros – cerca de oito quarteirões –, por isso está sendo feita a nebulização ao redor do caso suspeito ou confirmado. A nebulização só mata o mosquito alado (o que está voando). É de suma importância que todos colaborem limpando seus quintais, pois a única e melhor maneira de combate ao mosquito é a conscientização da população em não deixar água parada em seus quintais”, escreveu.

domingo, 22 de março de 2015

Cantora Bárbara Eugênia leva quase 170 pessoas ao Cinemax

Show integra a grade de eventos do Circuito Cultural Paulista; próxima atração acontecerá em abril

421h58

Segundo o diretor do Departamento de Cultura (DECULT), Luiz Antonio de Almeida, 168 pessoas prestigiaram o show da cantora Bárbara Eugênia na noite de ontem, 21, no Cinemax. Conforme já divulgado, a atração faz parte do Circuito Cultural Paulista, programa paulista que leva entretenimento gratuito aos quatro cantos do Estado.

Bárbara Eugênia durante apresentação em Piraju
(FOTO: Luiz de Almeida)
Embora o número de pessoas tenha ficado longe da capacidade de assentos (talvez o tempo chuvoso tenha contribuído para isso), o diretor revela que há um ponto que precisa ser levado em consideração. “Segundo o meu entendimento, o importante não é o número, mas a qualidade do público. Vi as avaliações feitas pela produtora da Bárbara nas outras cidades. Nenhuma chegou a cem pessoas e todas foram prejudicadas pela chuva”, diz.


Neste domingo, a artista fez show no Teatro Municipal Camillo Fernandez Dinucci, em Botucatu.

TEATRO EM ABRIL

Questionado sobre a próxima atração do circuito (leia mais), Almeida diz que a peça da Cia Teatro Enlatado não é endereçada apenas às crianças. “Segundo os organizadores do circuito, a companhia é muitíssimo conceituada. O espetáculo não é só para o público infantil. O importante de ser uma peça livre é que podemos ir educando nossas crianças para a cultura teatral e a participação em eventos. Essa é uma das funções da Cultura”, relata.

A título de exemplo, o responsável pelo departamento disse que a exposição “Projeto Origens”, do grupo Ubuntu, de Caraguatatuba, contou com mais de 600 visitantes. Segundo ele, o contexto histórico por trás das mais de trinta peças de cerâmica contribuiu para a formação das crianças e jovens que passaram pelo salão multiuso da Praça Benedito Silveira Camargo (Praça da Brasilinha).

Morador teria procurado o fórum de Piraju antes de se matar

Falta de condições para pagar pensão alimentícia pode ter motivado suicídio

413h30

Clique no player e confira a matéria completa

sábado, 21 de março de 2015

Mutirão organizado pela prefeitura coleta recipientes que possam acumular água

Roteiro do serviço foi estabelecido de acordo com as áreas de atendimento do PSF

401h32

Entre os dias 23 desse mês e 1º de abril, a prefeitura de Piraju promoverá um grande mutirão voltado à coleta de todo e qualquer recipiente que possa servir de criadouro ao mosquito transmissor da dengue. O calendário foi dividido de acordo com as regiões de atendimento do Programa Saúde da Família (PSF).

Internautas têm usado as redes sociais para denunciar
possíveis criadouros do mosquito aedes aegypti; a foto que
ilustra a matéria foi publicada no último domingo
De acordo com a administração, somente entulhos, móveis, lixo orgânico, recicláveis e resíduos verdes não serão coletados. Os materiais passíveis de reciclagem devem ser descartados nas sacolas vermelhas.

Programada para ocorrer das 7h às 16h, a coleta contará com funcionários do Departamento de Saúde (DESAU), que percorrerão as casas com o propósito de orientar os moradores e verificar a situação dos imóveis. Já os servidores do Departamento de Obras e Serviços Públicos (DEOSP) farão a remoção do lixo. Ainda segundo a prefeitura, os materiais devem ser dispostos na calçada antes do horário previsto na programação. Quem realizar o descarte fora do dia previsto será intimado pela prefeitura.

Mais informações podem ser obtidas nas unidades do PSF. Denúncias envolvendo terrenos sem manutenção ou lugares onde possam existir focos do mosquito transmissor da dengue devem ser encaminhadas à ouvidora do Departamento de Saúde através do e-mail ouvidoriasaude@estanciadepiraju.sp.gov.br.

PROGRAMAÇÃO

23/03 (segunda): área do PSF Teto
24/03 (terça): área do PSF Eldorado
25/03 (quarta): área do PSF São José
26/03 (quinta): área dos PSFs Tibiriçá 1 e 2
27/03 (sexta): área do PSF Cantizani
30/03 (segunda): área do PSF Jurumirim
31/03 (terça): área do PSF São Pedro
1º/04 (quarta): área do PSF Centro/Rural

Vítima de grave acidente na zona rural será enterrada neste domingo

Corpo aguarda liberação do Instituto Médico Legal de Avaré

418h04 

Clique no player e confira a entrevista na íntegra.